Embora o Atlético tenha viajado com um time reserva para encarar o Dom Bosco, nesta quarta-feira (11), às 21h50, na Arena Pantanal, o objetivo é conquistar uma boa vitória fora de casa. Até mesmo voltar para Curitiba já classificado. Para isto, o Furacão precisa vencer por, no mínimo, dois gols de diferença.

Diante de uma equipe que só chegou à competição nacional por ter conquistado um torneio de categorias de base, a Copa FMF sub-21, não está nem na Série D do Campeonato Brasileiro e ficou longe das finais do Campeonato Mato-Grossense, a tarefa não parece ser tão difícil. Só que o discurso dentro do Furacão é de respeito ao adversário.

“Nosso objetivo é, primeiro, pensar em ganhar. Se for possível (eliminar o jogo de volta), e produzirmos o suficiente para ter esta vantagem, será importante. Mas vamos respeitar o adversário como sempre fizemos. Independentemente de nome ou local, nosso respeito ter que ser o mesmo”, afirmou o técnico Paulo Autuori.

“Vamos pra lá pensando primeiro na vitória. Se conseguirmos fazer dois gols de diferença, será importante”, acrescentou o goleiro Weverton.