Com o Campeonato Brasileiro se afunilando, o Atlético se vê obrigado ainda mais a vencer dentro de casa para seguir sonhando com a Copa Libertadores – que, por enquanto, classifica os sete primeiros da competição, podendo até ter um G9 caso tenhamos times do País ganhando a Libertadores e a Copa Sul-Americana deste ano. Ocupando exatamente a nona posição (com um gol pró de vantagem para o Atlético-MG, o décimo colocado), o Furacão precisa se manter perto dos primeiros lugares.

E para isso, é fundamental vencer a Chapecoense neste sábado (28), às 21h, na Arena da Baixada. E talvez pela primeira vez na temporada, o discurso oficial rubro-negro é de absoluta necessidade de vitória. Mesmo na Libertadores, quando era preciso do resultado para seguir em frente na competição, não se viu uma postura tão afirmativa dos jogadores, inclusive nas notas divulgadas pela assessoria de imprensa do clube.

Isto porque a possibilidade de chegar no torneio continental voltou a ser clara. Os resultados do meio de semana – principalmente a vitória do Grêmio sobre o Barcelona de Guayaquil por 3×0 no jogo de ida da semifinal da Libertadores – abriram a possibilidade da ida do oitavo colocado do Brasileirão ganhar uma vaga. Na Sul-Americana, a “esperança” é o Flamengo, pois o Fluminense (que faz o clássico com o Fla) e o Sport (que perdeu em casa para o Junior de Barranquilla) estão em maus lençóis.

LEIA MAIS: Saiba por que o Brasileirão pode ter um G9!

Mas nada disso ajudará se o Atlético não se ajudar. “Temos nosso objetivo e queremos cumpri-lo”, resumiu o volante chileno Pavez. Titular desde que chegou, o gringo já viu o Furacão estar dentro do grupo de classificados e também ficar bem longe. A instabilidade da equipe foi um dos assuntos da semana no CT do Caju. “Podemos ajustar os detalhes, melhorar em todos os aspectos e estar na melhor forma”, completou.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

E a prova de que a irregularidade ficou no passado é vencer o terceiro jogo consecutivo no Brasileirão. “Nunca paramos de pensar na parte de cima da tabela. Com essas duas vitórias seguidas, subimos mais um pouco. Agora, uma vitória contra a Chapecoense é fundamental para nós”, afirmou o atacante Ribamar. “Esta partida contra a Chapecoense é importante, sobretudo ganhar para ficar perto do grupo da Libertadores”, finalizou Pavez.