Um ‘novo’ Atlético, mas com os velhos erros. Mais uma vez o Furacão errou muito, viu a defesa dar espaços, a bola quase não chegar ao ataque e perdeu para o Cruzeiro por 2×0, nesta quarta-feira (12), na Arena da Baixada, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Resultado que manteve o Rubro-Negro com 15 pontos, na 15ª posição. Na próxima rodada, o time encara o líder Corinthians, sábado (15), na Arena Corinthians.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Mesmo fora de casa, o Cruzeiro não se intimidou e jogava de maneira ofensiva na Arena da Baixada. Aproveitando os espaços que o Atlético dava, por não marcar ainda no campo ofensivo, a Raposa ia para cima e rondada a meta de Weverton, que salvou aos 11 minutos, quando Lucas Silva soltou a bomba de muito longe. O goleiro desviou e a bola ainda explodiu no travessão.

O lance fez o Furacão se ligar em campo. O time melhorou a marcação e passou a encurralar os mineiros. Tocando a bola, o Rubro-Negro chegava com freqência na área, mas não transformava a posse de bola em finalização e pouco assustava. Além disso, a todo momento errava passes e praticamentr arriscava só pelos lados, na base dos cruzamentos, facilitando a vida de Fábio.

Já o Cruzeiro, sempre que chegava ao ataque, levava perigo. Em uma das jogadas, abriu o placar. Aos 27, após contra-ataque pela esquerda, Alisson tocou para Lucas Romero chutar rasteiro, vencendo Weverton.

Mostrando desorganização, o Atlético dominava o confronto, mas sem objetividade. Aos 40, Otávio arriscou de fora da área e Fábio fez boa defesa. Mas foi só diante de tanta posse de bola.

Tentanto resolver o problema de construção de jogadas, o Furacão voltou com Matheus Anjos no lugar de Ederson. Com um jogador de maior mobilidade, a ideia era povoar o meio-campo, só que o time seguia errando muito, permitindo os contra-ataques do Cruzeiro. Aos 6, Rafael Sóbis aproveitou saída errada de Weverton e quase marcou um gol de muito longe, mas a bola foi para fora.

Veja a classificação atualizada do Brasileirão!

Erros que cada vez mais ficavam mais evidentes. Nervoso em campo, e muito cobrado e pressionado pela torcida, que xingou muito os presidentes Petraglia e Luiz Sallim Emed, o Rubro-Negro se mostrava cada mais desorganizado, buscando o ataque de qualquer maneira, principalmente com chuveirinho na área, mas nem de perto chegando a levar perigo. Foram mais de 20 cruzamentos, todos sem sucesso.

E assim como foi na primeira etapa, a Raposa aproveitou a chance que teve para chegar ao gol. Aos 40, Thiago Neves pegou sobra pela esquerda e chutou forte. Weverton espalmou e Rafael Marques aproveitou o rebote para marcar o segundo e definir o placar.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
1º Turno – 13ª Rodada

Atlético 0x2 Cruzeiro

Atlético
Weverton; Jonathan (Yago, 39 do 2º), Wanderson, Thiago Heleno e Nícolas (Gustavo Cascardo, 27 do 2º); Otávio, Eduardo Henrique, Nikão, Eduardo da Silva e Sidcley; Éderson (Matheus Anjos, intervalo).
Técnico: Kelly

Cruzeiro
Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva (Nonoca, 32 do 2º), Thiago Neves, Élber (Rafael Marques, 37 do 2º) e Alisson; Rafael Sóbis (Sassá, 26 do 2º).
Técnico: Mano Menezes

Local: Arena da Baixada
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Neuza Ines Back (SC)
Gols: Lucas Romero, 27 do 1º; Rafael Marques, 40 do 2º
Cartões amarelos: Thiago Heleno, Matheus Anjos, Otavio (CAP); Henrique (CRU)
Público total: 15.984
Renda: R$ 212,070,00