Quatro dias depois de conquistar a inédita vaga na final da Copa Sul-Americana, o Atlético jogará novamente no Maracanã e em mais uma decisão. Agora, pelo Campeonato Brasileiro. Se na última quarta-feira (28) o Furacão se sentiu em casa no estádio e derrotou o Fluminense por 2×0, desta vez terá um Maraca lotado neste sábado (1), às 19h, diante do Flamengo, em duelo que pode garantir o time na Libertadores do ano que vem.

Para terminar o Brasileirão na sexta colocação, o Furacão terá que vencer a equipe carioca, que já está garantida em segundo lugar, e ainda torcer para o Atlético-MG, que joga no mesmo horário, não vencer o Botafogo no Independência.

+ Leia também: Saiba como acompanhar o Furacão na final da Sul-Americana

Uma tarefa que já não seria fácil e se tornou ainda mais complicada diante de 70 mil flamenguistas, que já esgotaram os ingressos antecipadamente e prometem uma verdadeira festa na despedida da temporada.

Porém, o Rubro-Negro já mostrou recentemente que torcida adversária não intimida. Se no Campeonato Brasileiro o time atleticano tem apenas uma vitória como visitante, na Sul-Americana são quatro triunfos, sendo o último justamente no palco da partida de logo mais, e com quase 35 mil torcedores do Fluminense.

+ Mais na Tribuna: Atlético quer aproveitar embalo pra garantir o G6

Agora, tem que virar a chave e deixar de lado, pelo menos por enquanto, a final contra o Junior Barranquilla. Afinal, o compromisso com o Flamengo ainda tem sua importância.

Wanderson será titular do Atlético contra o Flamengo. Foto: Marcelo Andrade
Wanderson será titular do Atlético contra o Flamengo. Foto: Marcelo Andrade

“Não dependemos só da gente para ir à Libertadores pelo Brasileiro. Mas temos que fazer o nosso papel, sem pensar no resto, para depois ver em que posição ficaremos. A equipe está muito confiante depois dessa grande vitória contra o Fluminense. Esse jogo do Flamengo será muito importante para nossos objetivos no Brasileiro e também para a final”, disse o zagueiro Wanderson, em entrevista ao site oficial do Atlético.

O defensor, aliás, deve ser titular. Embora o Furacão almeje o sexto lugar no Brasileirão, o foco total está na Sul-Americana. Por isso, assim como foi contra o Ceará, o técnico Tiago Nunes deve mandar a campo uma equipe formada por reservas.

“O Flamengo é uma grande equipe e não está na vice-liderança à toa. Estamos preparados para encarar essa partida da melhor maneira possível. Temos um elenco muito forte e fizemos boas atuações, independentemente de equipe que está em campo”, completou Wanderson.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
2º Turno – 38ª Rodada

FLAMENGO X ATLÉTICO

Flamengo
César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuellar, Willian Arão, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá e Berrío; Uribe.
Técnico: Dorival Júnior

Atlético
Felipe Alves; Diego, José Ivaldo, Wanderson e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho e Matheus Rossetto; Marcinho, Anderson Plata e Rony.
Técnico: Tiago Nunes

Local: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)
Horário: 19h
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (FIFA-SP)

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!