O Atlético tentou como podia segurar a pressão do São Paulo, mas diante de tamanho ímpeto do adversário e cometendo alguns erros de posicionamento na defesa, acabou perdendo por 2×1 de virada, na noite deste sábado (14), no Pacaembu. O Furacão até saiu na frente, com um gol de Douglas Coutinho, no início do segundo tempo, mas diante do domínio do adversário, que passou quase o jogo todo no campo de ataque, acabou levando gols de Lucas Pratto e Maicosuel.

Com o resultado, o Rubro-Negro se manteve na décima posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, mas pode ser ultrapassado por Sport, Vitória, Chapecoense e Bahia, dependendo dos resultados deste domingo (15). Além disso, tem apenas três pontos a mais que o Fluminense, que abre a zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time atleticano encara o Vitória, quinta-feira (19), às 20h, no Barradão.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

O São Paulo, em casa, tomou o controle do jogo desde o início, indo para cima do Atlético, que se fechava e tentava encontrar espaços para puxar o contra-ataque. O time paulista até chegava perto da meta de Weverton, mas o que se viu no começo da partida foi um festival de erros.

Ofensivo e mostrando até uma certa ansiedade em abrir logo o placar, o São Paulo errava muitos passes e dava de graça a bola para o Furacão, que por sua vez não sabia o que fazer com ela e logo desperdiçava a chance de levar perigo, sendo facilmente desarmado pelo adversário.

Tanto que os donos da casa se mantinham no campo ofensivo quase o tempo todo, mas sem chutar a gol. A primeira boa chance surgiu só aos 31, quando Hernanes tocou para Marcos Guilherme, que ajeitou e bateu cruzado, mas Weverton espalmou. Na sobra, a zaga do Rubro-Negro afastou. Aos 43, Hernanes chutou no meio do gol e Weverton defendeu.

Para o segundo tempo, o técnico Fabiano Soares mexeu na estrutura o Atlético, colocando Nikão e Felipe Gedoz nos lugares de Nícolas e Pablo. Com isso, Sidcley passou a jogar na lateral-esquerda e Guilherme o homem de referência no ataque. Uma alternativa para dar mais velocidade aos contra-ataques.

E foi justamente com as peças que o treinador mudou que saiu o gol do Furacão. Aos quatro minutos, Nikão tocou para Sidcley, que chegou na linha de fundo e cruzou na área. Felipe Gedoz, sozinho, subiu e cabeceou, para defesa de Sidão. Só que Douglas Coutinho pegou o rebote e mandou para as redes.

Veja como ficou a classificação do Brasileirão!

A partir daí, o São Paulo, que já mostrava ansiedade, atrás no placar ficou ainda mais nervoso, querendo empatar logo, e se mostrava ainda mais ofensivo. Só que o Rubro-Negro não aproveitava os erros do adversário para diminuir a pressão e até chegar ao segundo gol. De tanto insistir, o tricolor paulista conseguiu o empate. Aos 15, Cueva fez lançamento preciso para Lucas Pratto, na área, dominar e chutar quase sem ângulo para marcar.

Com a igualdade, os donos da casa aumentaram foram ainda mais para cima, em busca da virada. Porém, o Atlético se defendia como podia, fechando todos os espaços. Até que, aos 37, em um rápido contra-ataque, o São Paulo marcou o segundo gol. Cueva foi avançando e tocou para Maicosuel, que bateu na saída de Weverton, para definir o resultado no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
2º Turno – 28ª Rodada

SÃO PAULO 2×1 ATLÉTICO

Sâo Paulo
Sidão; Éder Militão (Araruna, 28 do 2º), Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros, Hernanes, Lucas Fernandes (Maicosuel, 17 do 2º), Cueva (Jucilei, 40 do 2º) e Marcos Guilherme; Lucas Pratto
Técnico: Dorival Júnior

Atlético
Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Nícolas (Nikão, intervalo); Pavez, Matheus Rossetto (Ribamar, 40 do 2º), Douglas Coutinho, Guilherme e Sidcley; Pablo (Felipe Gedoz, intervalo).
Técnico: Fabiano Soares

Local: Pacaembu (São Paulo-SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Gols: Douglas Coutinho, 4, Lucas Pratto, 15, Maicosuel, 37 do 2º
Cartões amarelos: Maicosuel (SÃO); Sidcley, Matheus Rossetto (CAP)
Cartões vermelhos: Nikão, 46 do 2º
Público pagante: 25.558
Público total: 26.833
Renda: R$ 683.891,00