O técnico Eduardo Baptista surpreendeu ao fazer duas alterações no time titular do Atlético. Na goleada por 4×1 sobre o Vitória, o treinador sacou o meia Nikão e o atacante Grafite para colocar o meia Matheus Anjos e o atacante Ederson. A escolha no meio-campo é a que mais chamou a atenção.

Titular em boa parte do Campeonato Paranaense, quando o Rubro-Negro jogou com um time sub-20 praticamente, Matheus Anjos é um dos artilheiros do clube na temporada, com quatro gols. No entanto, ainda não tinha sido utilizado no Campeonato Brasileiro.

Só que ao longo dos treinamentos vem agradando Eduardo Baptista, que tinha como opção também o experiente Carlos Alberto. Mas o comandante atleticano preferiu o jovem de 18 anos, que mostrou maturidade e personalidade em campo.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

“Na minha carreira, eu nunca me preocupei em olhar nome, salário e status. Eu olho treinamento. O Matheus Anjos me chamou a atenção desde os primeiros treinamentos e estávamos esperando o momento para colocá-lo em campo. Ele precisa ser mais trabalhado, mas mostrou personalidade e foi muito bem em um primeiro jogo de Brasileirão”, afirmou o treinador.