Sem vencer há quatro jogos, o Atlético terá que buscar a recuperação no Campeonato Brasileiro fora de casa, diante do Vitória, nesta quinta-feira (19), às 20h, no Barradão. Um time que vem melhorando o rendimento – é o 15º colocado, mas é o terceiro melhor time dos últimos dez jogos, com 17 pontos -, só que deixa a desejar dentro de casa.

O rubro-negro baiano é o pior mandante do Brasileirão, com apenas duas vitórias em 14 jogos, aproveitamento total de 21,4%, e não vence diante da torcida há quatro partidas, com apenas um empate e três derrotas. O último triunfo em seus domínios foi no dia 2 de agosto, quando bateu a Ponte Preta por 3×1.

Mesmo assim, o técnico Fabiano Soares não vê vantagem para o Furacão neste desafio, uma vez que o Vitória está bem diferente em relação aos jogos anteriores.

“Eu acho que no Campeonato Brasileiro todos os jogos são difíceis. Eu não vi todas as partidas em casa deles, analisei algumas. É uma equipe que está diferente hoje em dia. Nós temos que ser o Atlético. Uma equipe que joga bem, está tendo maus resultados, mas não vem jogando mal. Temos que saber competir melhor para voltar a ganhar jogos”, afirmou o treinador.

E pelos números, o Rubro-Negro pode acreditar em uma vitória. O time atleticano, em 14 jogos como visitante, somou quatro vitórias, quatro empates e seis derrotas.

Confira a classificação completa do Brasileirão

“Temos que ir lá com maturidade, sabendo que será um confronto difícil. Em alguns momentos, é preciso saber jogar fora de casa. Temos que entrar leves e aproveitar. Dentro de casa, o time deles terá que atacar. Então, temos que saber jogar para vencer lá. Vamos com a cabeça no lugar, marcando forte. É importante defender bem e, quando tiver oportunidade de gol, matar o jogo”, apontou o lateral-esquerdo Fabrício, que está de volta após cumprir suspensão na derrota por 2×1 para o São Paulo.