O meia Felipe Gedoz parece, de fato, ter entrado em uma nova fase no Atlético. Depois de ficar mais de um mês sem sequer entrar em campo, o camisa 10 do Furacão foi decisivo nos dois últimos jogos. No clássico com o Coritiba, entrou no segundo tempo, acertou uma bola na trave e marcou o gol que definiu o empate em 1×1, na Arena. Já diante do Fluminense, começou como titular e marcou o primeiro gol da vitória por 3×1. Momento que é muito comemorado por ele.

“Primeiro é poder voltar à equipe e ser titular. Outro ponto é poder ajudar coletivamente o time e com gol. Foi uma importante vitória e agora tenho que dar continuidade ao trabalho”, destacou o jogador, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro.

Com sete gols marcados, Felipe Gedoz é, ao lado de Nikão, o artilheiro do Atlético em 2017, mesmo tendo atuado em apenas 20 partidas. Números que podem ajudar o Atlético a, mais uma vez, disputar a Libertadores.

“Acho que esse clube vem demonstrando que merece. Não somente dentro de campo, mas fora. Pela estrutura, cultura, grandeza que tem o Atlético, acho que uma vaga na Libertadores é muito mais que merecida. Vamos seguir em busca de mais resultados positivos”, destacou ele.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Por conta do atual desempenho, Gedoz deve ser mantido no time titular do Atlético para o duelo com o Santos, que acontece neste sábado (23), às 21h, na Vila Belmiro, mesmo com o retorno de Guilherme, que cumpriu suspensão na rodada passada. Desta forma, quem deixaria a equipe seria Pablo.