Foi um time jovem, de aspirantes. Alguns até certo ponto desconhecidos aos olhos do torcedor. Durante a caminhada que culminou com a conquista do título do Campeonato Paranaense, o jovem grupo do Atlético ganhou o respeito da torcida e, após a vitória sobre o Coritiba por 2×0, na tarde deste domingo (8), transformou a Arena da Baixada em uma verdadeira festa.

Comandante do time de aspirantes, o técnico Tiago Nunes não cabia em si. O treinador extravasou. Com a bandeira do clube em mãos, ele foi para a galera e teve seu nome gritado pelo bom público presente no Joaquim Américo. E não é para menos. Com um time jovem, o comandante atleticano deu uma cara ao time, que fechou sua caminhada no Paranaense com apenas uma derrota.

Quem também se destacou na caminhada durante o Campeonato Paranaense foi o atacante Éderson. O camisa 9, autor do gol do título, terminou como o artilheiro do Estadual com nove gols marcados. O jogador comemorou a boa fase e deve definir nos próximos dias se vai renovar seu contrato com o Furacão e subir para o time principal.

“O melhor time foi o campeão. É o melhor time do campeonato, que procurou a todo momento. Somos merecedores desse título”, vibrou o goleador. “Deixo o futuro nas mãos de Deus, como sempre. Confio em Deus e o melhor vai acontecer”, acrescentou ele.

Outro jogador experiente que deu a sustentação necessária para o jovem time foi o volante Deivid. O camisa 5, capitão do Furacão, aproveitou para alfinetar o Coritiba.

“Como falei. Gostaria de outras oportunidades no Paranaense. O Atlético é o maior do Estado. Abdico as vezes do Estadual e agradeço a Deus por desfrutar desse momento, erguendo a taça, na nova Arena da Baixada e diante do nosso torcedor”, disse o atleta, que deve ser utilizado no elenco principal.

BAIXE O PÔSTER DO ATLÉTICO CAMPEÃO

O meia João Pedro, que foi um dos principais jogadores do Rubro-Negro durante a caminhada no Paranaense, retornou de empréstimo do Paraná Clube e provou sua qualidade, com quatro gols e cinco assistências ao longo do torneio e mostrou que pode ajudar a equipe principal do Furacão.

“Estou muito feliz por esse momento que estou vivendo. Sempre trabalhei e muita gente não valorizou o que eu fiz. Estou feliz por estar mostrando meu valor. Desculpe a palavra, mas quem não confiou e não acreditou em mim, f…. Tenho uma conversa amanhã e vou definir meu futuro. Se eu for ficar, vou ficar muito feliz. Se tiver que sair para jogar, ter uma sequência de jogos, tudo certo. Estou muito feliz com esse momento”, concluiu João Pedro.

Com o público presente na Arena da Baixada, o jovem time atleticano deu a volta olímpica e comemorou com a torcida a conquista do título do Campeonato Paranaense. Muitos desses jogadores devem compôr a equipe principal, enquanto outros devem seguir no time de aspirantes para a disputa do Brasileiro da categoria.