O futebol paranaense despediu-se da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Depois de Paraná Clube e Coritiba, nesta segunda-feira (15) foram as vezes de Londrina e Atlético serem eliminados, nas oitavas de final. As duas equipes perderam para Vitória e Santos, respectivamente, e deram adeus à busca do inédito título da competição.

O primeiro a entrar em campo foi o Tubarão. Diante do rubro-negro baiano, o Alviceleste não repetiu as mesmas atuações de partidas anteriores e saiu atrás no placar logo com dez minutos, quando Luan, de pênalti marcou para o Vitória, que ampliou no final da primeira etapa, aos 45, com Eron.

No segundo tempo, precisando pelo menos empatar para levar a decisão para as penalidades, o Londrina foi para cima e conseguiu descontar com Anderson, cobrando pênalti, aos 18. O gol animou o Tubarão, que seguiu ofensivo, mas acabou dando espaços para o Vitória. O clube baiano, em velocidade, foi para cima também e desperdiçou grandes chances de liquidar a fatura, que acabou em 2×1 para o adversário.

Depois, foi a vez do Furacão, que fez um jogo quase o tempo todo de igual para igual com o Santos, mas acabou levando 2×0 e também acabou eliminado. Aos 40 minutos do primeiro tempo, Gabriel Calabres abriu o marcador para o Peixe. Aos 15 do segundo, Walison Madalena ampliou.

Nos minutos finais, o Rubro-Negro esboçou uma pressão e rondou quase todo o tempo a área santista, mas, apesar do esforço, o time não conseguiu furar a retranca do adversário.