A atuação ruim do Atlético no primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana, semana passada, no estádio Roberto Meléndez, diante do Junior Barranquilla, deu mais esperanças ao time colombiano para a partida de volta, nesta quarta-feira (12), às 21h45, na Arena da Baixada. Pelo menos foi essa a impressão deixada pelos jornalistas da Colômbia que estão em Curitiba desde a tarde do último domingo (9) acompanhando a delegação para a finalíssima do torneio internacional.

+ Leia também: Furacão quase definido pra encarar o Junior Barranquilla

O repórter da Fox Sports Colômbia, Emel Alvear Cueto, não escondeu que toda a imprensa colombiana esperava muito mais do Furacão na primeira partida. O jornalista afirmou ainda que a disputa do título está aberta e reconheceu a força do Rubro-Negro atuando dentro da Arena da Baixada.

“Esperávamos muito mais do Paranaense (Atlético) em Barranquilla. Vamos ver como é em casa. Sabemos que eles vão muito bem em casa. Acredito que a série está aberta e, depois do primeiro jogo, não se sabe o que o Atlético pode mostrar em casa”, afirmou Cueto.

+ Mais na Tribuna: Atlético quer entrar de vez no ‘clube dos grandes’

Assim como a imprensa colombiana, o Junior Barranquilla sabe dos obstáculos que terá pela frente para levar a taça da Copa Sul-Americana. No entanto, segundo o jornalista, o time colombiano chega otimista e motivado para encarar o Atlético, sobretudo depois de golear o Independiente Medelín por 4×1 na primeira partida da final do Campeonato Colombiano.

+ Futuro: Atlético quer coroar ótima campanha na Arena com título

“A partida da semana passada ficou no passado. O Junior Barranquilla chega a Curitiba em um ambiente de muito otimismo. Isto porque goleou o Medelín na final da liga (colombiana) e assegurou 80% do título. Sem dúvida reconforta e dá forças positivas ao time”, avisou.

Além da força do time e da pressão da torcida que deve lotar a Arena, o Furacão tem um outro trunfo. O gramado sintético não deixa de ser uma arma. No entanto, segundo Cueto, o piso do Joaquim Américo não deve ser um problema para o Junior Barranquilla.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

“No conhecimento do gramado (domingo), ninguém se mostrou tão surpreendido com o estado do gramado. O Junior deve tomar as suas precauções normais. Acredito que o Junior vai deixar esse fator em segundo plano. É uma final. O Junior não vai esconder-se, vai encarar o Paranaense e porque não sonhar com o título?”, concluiu o jornalista colombiano.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!