Vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas dois pontos somados em cinco partidas, o Atlético vive uma situação complicada, mesmo avançando para as quartas de final da Copa do Brasil e para as oitavas da Libertadores. Um contraste que não diminui a pressão que os próprios jogadores admitem sentir.

“Nos reunimos entre nós e sabemos da importância de se ganhar no Campeonato Brasileiro. Já estamos sofrendo pressão da imprensa, dos torcedores, dentro do clube, porque é uma situação incômoda. Nosso maior adversário é a dúvida, mas não podemos ter essa dúvida, temos que ter confiança. Este grupo não chegou nestas fases de Copa do Brasil e Libertadores à toa”, disse o lateral-direito Jonathan.

Para acabar com estas dúvidas, o Rubro-Negro precisa vencer o Santos, neste domingo (11), às 19h, na Arena da Baixada, onde o time tem duas partidas neste Brasileirão, com um empate e uma derrota. A principal arma da equipe em 2016 ainda não fez efeito, mas Jonathan destacou que o time vem correspondendo em outros pontos e que precisa achar o equilíbrio pra embalar no torneio.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

“Nós nos cobramos a todo momento, em qualquer tipo de jogo e campeonato. Sabemos que a força do Atlético ano passado foi o estádio, mas falavam que o time só ganhava dentro de casa e esse ano mostramos o contrário. Temos que buscar o equilíbrio, jogar bem dentro e fora de casa. É difícil encontrar este equilíbrio, porque estamos disputando três competições, mas temos que buscar para ter tranquilidade e confiança pros próximos jogos”, acrescentou ele.