O Junior Barranquilla, adversário do Atlético na final da Copa Sul-Americana, chegou a Curitiba neste domingo (9) cheio de moral e com uma mão na taça da Liga Águila, o campeonato colombiano com uma goleada de 4×1 sobre o Independiente Medellín, no estádio Roberto Meléndez. Foi o jogo de ida da final, com a volta acontecendo no próximo final de semana, no Atanasio Girardot, a casa do adversário.

+ Mudanças: Conselheiros do Furacão aprovam novo escudo

O técnico uruguaio Luis Comensaña optou por colocar o time titular na partida: Viera; Piedrahita, Pérez, Gomes e Fuentes; Narváez, Cantillo, Sánchez, Barrera e Luis Díaz; Téo Gutiérrez. A equipe teve o retorno de Fuentes (Gutiérrez atuou na lateral no jogo de ida da final da Sul-Americana) e de Téo (González jogou no ataque). E provavelmente será a formação que entrará em campo na quarta-feira (12) na Arena da Baixada.

+ Justiça: Condenado em briga do jogo Atlético x Vasco não é preso

Todos os gols saíram no segundo tempo. Aos 5 minutos, Díaz abriu o placar, e logo depois, Sánchez ampliou. O gol do Independiente Medellín foi marcado por Cano, antes que Téo Gutiérrez e Piedrahita definissem a partida.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

Atlético e Junior Barranquilla empataram no primeiro jogo da decisão da Copa Sul-Americana em 1×1. No jogo desta quarta, quem vencer leva o título. Empate obriga a realização de uma prorrogação, e se houver a manutenção da igualdade o título será decidido nos pênaltis.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!