Autor de um dos gols mais bonitos da rodada na vitória do Atlético sobre a Ponte Preta por 3×0, na manhã de domingo (25), na Arena da Baixada, o lateral-direito Léo ganhou de vez a titularidade do time atleticano no Campeonato Brasileiro. Apesar de ainda ser um dos recordistas de cartões amarelos do elenco, o camisa 33 recebeu muitos elogios do técnico Paulo Autuori após o triunfo sobre a Macaca, que deixou o Furacão de novo próximo do G4.

Segundo o treinador, Léo, durante a temporada, conseguiu encontrar o equilíbrio nas suas atuações e evoluiu, sobretudo, na questão defensiva. O jogador sempre esteve a frente quando o lateral-direito Eduardo estava no clube e agora está deixando o recém-contratado Rafael Galhardo entre os reservas.

“O Léo é um jogador que cresceu muito defensivamente, era algo que a gente cobrava, pode, em algum momento, ter perdido um pouco a força ofensiva, mas naturalmente vai adquirindo o equilíbrio, e isso ele fez hoje. São situações naturais, e ele vai fazer a leitura certa na hora de defender e atacar. O importante é que ele cresceu muito e isso nos deixa satisfeitos”, declarou o comandante rubro-negro.

Apesar da titularidade absoluta, Léo não poderá entrar em campo no duelo contra o Santos, no próximo sábado (1), às 16h, na Vila Belmiro. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão diante do Peixe. Assim, Rafael Galhardo, ao natural, deve ser o titular da lateral-direita atleticana neste compromisso.