O novo presidente do Atlético, Luiz Sallim Emed parece ter entendido muito bem o recado das urnas na votação mais acirrada da história do clube. Com uma diferença de pouco mais de 200 votos, a chapa CAPGigante venceu o pleito e o novo mandatário rubro-negro, pelo menos até aqui, já mostrou que está disposto a cumprir as promessas feitas durante a campanha.

Emed provou, nos seus primeiros atos, que de fato a prioridade em 2016 será o futebol. Ainda em negociação para tentar manter o atacante Walter por mais uma temporada, o clube já acertou quatro contratações para o ano que vem. O meia Vinicius, que veio do Fluminense, o atacante André Lima, que estava no Avaí, e os experientes zagueiros Paulo André e Thiago Heleno foram os primeiros anunciados.

O dirigente acredita que para fazer o Furacão voltar a ser campeão é preciso investir na contratação de jogadores, mas também aliar ao fortalecimento das categorias de base. “Temos que continuar com a nossa formação, que é tradição do Atlético, e também trazer atletas para fortalecer a equipe. Nenhum time consegue formar todos os jogadores em todas as posições na sua base. Sempre vai precisar trazer atletas para complementar o elenco”, pontuou Emed.

O mandatário rubro-negro, conforme falou na sua campanha à presidência, reforçou que com a conclusão das obras da Arena da Baixada, haverá um investimento maior no futebol. “A partir deste ano o Atlético terá mais condições de investir no futebol. A gente não vai mais investir como antes nas obras da Arena. Agora teremos mais condições de ter maiores receitas”, acrescentou.

Relacionamento

Outro detalhe a se destacar nestes primeiros dias de mandato de Emed é a melhora no relacionamento com a imprensa. Além de conceder, constantemente, entrevistas aos meios de comunicação, a apresentação de Vinicius foi aberta aos jornalistas no CT do Caju.

“Foi um compromisso de campanha. Temos que fazer um relacionamento muito maior com a torcida, com os associados e com a imprensa. Fui na maioria dos órgãos de imprensa para, justamente, agradecer os sócios que acreditaram na nossa chapa, nas nossas propostas. O Atlético, a partir de agora, vai manter esse relacionamento mais próximo da torcida”, finalizou o presidente atleticano.