Sem convencer no Atlético, onde vem tendo cada vez menos espaço e sofre com a pressão da torcida, o meia Marcos Guilherme ainda desperta o interesse de outros clubes, principalmente do Santos, que já tentou contratar o atleta no meio do ano e agora volta a investir.

O jogador tem contrato até março de 2019 com o Furacão, que dificilmente o liberaria por empréstimo. Por isso, a negociação acaba se tornando complicada, uma vez que o presidente do Conselho Deliberativo do Rubro-Negro, Mario Celso Petraglia, tem como objetivo vender Marcos Guilherme para o exterior, enquanto o Peixe vive uma situação financeira complicada e não teria dinheiro para investir.

Porém, Marcos Guilherme é um sonho antigo do técnico santista Dorival Júnior, que pediu a sua contratação e, assim, os dois clubes devem abrir novamente uma negociação para 2017. Até o momento, embora confirme o interesse, o Santos não procurou o Atlético para fazer uma proposta.

Depois de dois bons anos, em 2014 e 2015, Marcos Guilherme caiu muito de rendimento. Tanto que disputou apenas 20 jogos neste Brasileirão, sendo que na maioria das vezes veio do banco de reservas. Além disso, a perseguição da torcida pode ser um fator que leve o meia a querer sair, sem contar o fato de que o Peixe é conhecido por fazer garotos se destacarem, o que poderia ser uma boa vitrine para o Atlético vendê-lo para fora futuramente.