A uma vitória de confirmar matematicamente a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, o Atlético terá quase força máxima para encarar o San Lorenzo, da Argentina, nesta quarta-feira (3), às 21h, na Arena da Baixada. Depois de poupar alguns jogadores no primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense, que acabou com a vitória do Coritiba por 3×0, o técnico Paulo Autuori terá pelo menos quatro importantes retornos para jogar o torneio continental.

O zagueiro Thiago Heleno, o volante Otávio e o meia Lucho González, que sequer foram relacionados para o Atletiba, treinaram normalmente na manhã desta terça-feira (2) e estão confirmados entre os titulares, assim como o atacante Eduardo da Silva, que entrou no segundo tempo do clássico e retorna à equipe titular, no lugar de Grafite. Na lateral-direita, Zé Ivaldo mais uma vez será improvisado na lateral-direita, uma vez que Jonathan segue vetado pelo departamento médico.

A única dúvida é o meia Nikão. O camisa 11 do Furacão foi substituído no duelo com o Coxa sentindo dores no ombro e, apesar de ter participado das atividades na Arena, ainda será reavaliado.

Por outro lado, o atacante Pablo, recuperado de uma lesão muscular, voltou a treinar e ficará no banco de reservas contra o San Lorenzo. Já o meia Carlos Alberto ainda não está liberado.

“O Pablo voltou a treinar, pode ser que esteja pronto para ser convocado para o jogo. Não vou dizer que vai jogar”, explicou Autuori.

Assim, o Rubro-Negro vai a campo com Weverton; Zé Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto, Lucho González, Nikão (Douglas Coutinho) e Felipe Gedoz; Eduardo da Silva.