Em menos de uma semana, o torcedor do Atlético viu duas das principais contratações da temporada, o atacante Grafite e o meia Carlos Alberto, pedirem para ir embora, e mais uma troca no comando técnico da equipe, com a saída de Eduardo Baptista e a chegada de Fabiano Soares. Mudanças que não incomodam apenas quem está do lado de fora.

Apesar de tentar minimizar todas essas trocas, o volante Otávio admitiu que trocar o planejamento no meio do caminho acada sempre complicando a sequência do trabalho, mas destacou que os jogadores sabem da responsabilidade que tem para fazer o Furacão retomar o caminho das vitórias, independentemente do que acontece nos bastidores.

“Óbvio que tentamos não levar isso para dentro de campo. Mas, querendo ou não, isso interfere. Eram atletas do nosso grupo, peças fundamentais, contratações que chegaram, a própria comissão (técnica) que muda toda hora, muda planejamento, então a gente fica com cabeça bagunçada. Mas isso temos que procurar sofrer o menos possível e nos manter focados, concentrados. Não tem ninguém que vai chegar de fora, nos pegar e colocar lá em cima. Nós atletas que temos que procurar errar menos para sair desta situação”, avaliou ele.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Sobre a derrota por 2×0 para o Cruzeiro, na Arena da Baixada, Otávio acredita que o time acabou se afobando após levar o primeiro gol e que mais uma vez não manteve uma regularidade durante os 90 minutos.

“Nós fizemos um bom primeiro tempo, mas o Cruzeiro no nosso erro fez o gol. Aí ficamos querendo acelerar as coisas e acabamos nos perdendo. Criamos algumas chances, mas temos que oscilar menos para que possamos voltar a vencer”, completou.