Com o elenco reforçado, a disputa por posições no Atlético certamente vai se intensificar. Ainda mais no meio e no ataque, com a permanência de André Lima, Nikão e Lucho González, o crescimento de João Pedro e Matheus Rossetto e a chegada de Felipe Gedoz, Luís Henrique, Grafite e a iminente contratação de Carlos Alberto. Mas um jogador está confiante para 2017, pois sabe que é peça-chave nos planos de Paulo Autuori. Mesmo assim, Pablo comemora o aumento das opções no elenco rubro-negro.

A movimentação do Furacão no mercado neste ano foi bem diferente das temporadas anteriores. Desta vez, o clube não só foi às compras como lutou para manter a maioria do time titular. Com a negociação de Hernani para o Zenit, foi possível renovar com Paulo André, Thiago Heleno e André Lima, segurar Otávio e Weverton, evitar o assédio sobre Sidcley e ainda buscar experiência para o grupo que estreia dia 1º de fevereiro na Libertadores, contra o Millonarios, na Arena da Baixada.

E esta postura atleticana empolga Pablo, prata da casa mas consciente de que era preciso reforçar o elenco. “Tenho certeza que será um ano excelente. Mantivemos a base e chegaram jogadores de muita qualidade para nos ajudar. Estou muito feliz e espero fazer bons jogos e gols para continuar dando alegrias ao nosso torcedor”, afirmou o meia-atacante, um dos melhores jogadores do Furacão na temporada passada.

Os primeiros dias de pré-temporada, além dos exames médicos e testes físicos, são de reencontro com os companheiros. “Estava ansioso para reencontrar o pessoal. Dá saudades, porque esta é a nossa vida. O tempo de férias é necessário para recuperar as energias, mas voltar aos trabalhos é muito bom”, garante Pablo, que sabe da importância deste período, até porque a sequência inicial do Atlético é bem diferente de outros anos.

Desta vez, o Furacão não terá tanto tempo para se preparar. Estreará com time alternativo no Paranaense contra o Rio Branco no dia 29 de janeiro, para três dias mais tarde começar na competição continental. “Trabalhamos muito em 2016 para isso. Fizemos as coisas bem e conseguimos a vaga para a Libertadores. Agora, temos que nos preparar, porque sabemos que essa primeira etapa será complicada. Mas vamos superar todas as dificuldades”, concluiu o atacante rubro-negro.