Em mais uma tentativa de acordo com a diretoria do Atlético, a Torcida Organizada Os Fanáticos (TOF), publicou uma carta pedindo a liberação da ‘festa‘ em todos os setores da Arena da Baixada nos jogos da Sul-Americana, visando que a torcida empurre o time rumo ao título inédito. Nesta quarta-feira (31), o Rubro-Negro recebe o Bahia, às 21h45, no jogo decisivo da competição continental e caso confirme a vantagem conquistada na partida de ida, que foi de 1×0, avançará às semifinais da disputa.

+ Ingressos: Torcida do Atlético faz fila pra garantir ingresso pro jogo contra o Bahia

O documento foi feito em parceria entre a Fanáticos e a Associação de Sócios e Torcedores do Atlético (ASTA) e promete que, se a diretoria liberar os adereços de todos os torcedores, em contrapartida, a TOF se comprometerá a acessar o estádio por um portão alternativo. Essa medida serviria para evitar a presença de membros da organizada no Boulevard, já que em nota publicada no dia 11 de outubro no site oficial do Furacão, o clube disse que a movimentação da torcida ali, desvalorizaria a comercialização do local.

+ Leia mais: Torcida Os Fanáticos “solta o verbo” contra o Atlético

A nota também solicita a passagem do ônibus com a delegação do Atlético passe pela Rua Maria Madre dos Anjos, alterando o trajeto normalmente feito, pois desta forma, os torcedores podem realizar uma recepção ‘calorosa‘ ao time.

Além da partida diante do Bahia, caso o Atlético avance pelas fases, serão realizados mais dois jogos na Arena: a semi e a final.

+ Confira também: Torcida do Atlético retruca clube e mostra indignação com nota oficial

Apesar da trégua, a Fanáticos não tem intenção de ocupar outro setor que não seja o inferior da Buenos Aires. A torcida vem brigando com a diretoria pelo direito de ocupar um lugar próximo ao gramado, enquanto os dirigentes do Furacão querem que as organizadas permaneçam nos setores superiores, priorizando os lugares considerados mais nobres para os demais sócios-torcedores.

Outro lado:

Em entrevista à Gazeta do Povo, o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Mario Celso Petraglia, rechaçou a possibilidade de liberar a festa no Setor Buenos Aires Inferior e ainda revelou que pretende aumentar o valor do ingresso no espaço de R$ 100 para R$ 250.

Confira a nota da Torcida Os Fanáticos:

Sem título