A medida criada pelo Ministério Público do Paraná em parceria com o Atlético de adotar “torcida única” na Arena da Baixada rendeu mais confusão. Na noite da última quinta-feira, no duelo entre Furacão e Internacional, um torcedor do Rubro-Negro acabou sendo detido após agredir um colorado, que estava infiltrado na torcida atleticana – a informação foi confirmada pelo delegado Clóvis Galvão, da Demafe.

O fato aconteceu após o primeiro gol do Inter, assinalado pelo atacante Pottker. A “treta” foi separada por seguranças que estava na Arena da Baixada. O agressor foi identificado e levado à Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (DEMAFE). Ele assinou um Termo Circunstanciado e liberado na sequência. Já o torcedor do Internacional, que estava com outros colorados, foi levado para o setor antigo da torcida visitante no estádio atleticano.

É a quarta vez que o Atlético joga na Arena da Baixada com a medida sendo adotada. Anteriormente, Cruzeiro, São Paulo e Santos foram atuar no Caldeirão e não puderam contar com o apoio de seu torcedor. Mesmo assim, alguns visitantes têm ido ao estádio, mas sem adereços de seus times.

Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

A medida, entretanto, já tem prejudicado o próprio Furacão, já que quando tem jogado fora de seus domínios, o Atlético também não tem contado com o apoio de seu torcedor.