Além do volante Otávio, expulso no clássico contra o Paraná Clube, e do atacante André Lima, que levou o terceiro cartão amarelo, o técnico Paulo Autuori pode ter mais um desfalque para o primeiro duelo da final do Campeonato Paranaense contra o Coritiba, domingo (1), às 16h, na Arena da Baixada. O meia Vinicius, antes dos dez minutos de jogo contra o Tricolor, sofreu uma entorse no joelho direito e é dúvida para o confronto de ida.

Em uma disputa de bola com o meia Válber, Vinícius sentiu a entorse no joelho e deixou o gramado da Vila Capanema com muitas dores. Mesmo assim, o camisa 29 do Furacão espera poder estar em campo no primeiro jogo da final.

“É um lance que só quem joga sabe que pode acontecer. Coloquei o pé e a perna acabou girando. Mas não deve ser nada grave. Vou começar o tratamento intensivo. Não deu ainda para os médicos examinarem, pois o joelho está inchado. Espero estar pronto para a final”, declarou Vinicius, após o jogo contra o Paraná.

Apesar de sair machucado, o meia, mesmo de muletas, ficou no banco incentivando o time e acompanhou a disputa de pênaltis em uma cadeira na beira do gramado. O jogador comemorou a classificação e afirmou que, se não puder entrar em campo, quem atuar diante do Coritiba vai dar o melhor para ajudar o Furacão a conquistar o título.

“Só tenho que parabenizar todo o grupo, que foi guerreiro. Perdemos um campeonato na quarta-feira (para o Fluminense, na Primeira Liga) e viemos aqui, com muita luta, muita emoção e graças a Deus estamos em outra final”, apontou. “Independentemente de quem jogue o que vale é o Atlético. Quem está jogando sempre vai dar o melhor. Não queria ter machucado e, se não estiver apto para jogar, quem entrar vai dar conta do recado. Agora vamos para cima do Coritiba”, finalizou ele.