Londrina – O Atlético ganhou um problema e tanto para a partida do próximo domingo(10), contra o Londrina, pela volta das quartas de final do Campeonato Paranaense. A lesão que tirou Walter da partida de ida, no VGD, pode também fazer com que ele não encare o Tubarão na Arena da Baixada. Para colocar o camisa 18 em condições de jogo, já começou um processo intensivo de recuperação.

Enquanto todos os jogadores que entraram em campo ganharam folga, Walter não só vai fazer tratamento como fica no CT do Caju “enclausurado” pelos próximos dias. Ele sentiu a lesão na coxa no treino de sábado, em Londrina. Imediatamente foi retirado do treino e levado a uma clínica para um exame de imagem. O resultado foi um trauma muscular de grau 1 (o mais leve), que tirou qualquer possibilidade de jogar no VGD.

Em tese, Walter já estaria fora do jogo na Baixada. O normal é que lesões deste grau sejam tratadas em no mínimo dez dias. No domingo (10), serão oito dias do início do tratamento. Por isso a tentativa quase desesperada do jogador – que foi quem pediu para acelerar o trabalho médico – entrar em campo no jogo que vale vaga na semifinal. Mas não será fácil. O camisa 18 deixou Londrina mancando e reclamando de dores.