Atuais campeões do Aberto da Austrália, Bruno Soares e Jamie Murray decepcionaram na defesa do título da chave de duplas do primeiro Grand Slam da temporada ao serem eliminados nesta quinta-feira, no jogo de estreia no evento, diante de uma parceria formada por jogadores de simples.

Soares e Murray, cabeças de chave número 2 em Melbourne, perderam para os norte-americanos Sam Querrey e Donald Young por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/5), em 1 hora e 12 minutos, na quadra 14 do Melbourne Park.

No primeiro set, Soares e Murray sofreram com o saque de Querrey e Young, que só perderam dois dos 18 pontos disputados no primeiro serviço, não permitindo que o brasileiro e o britânico tivessem sequer um break point. E os norte-americanos conseguiram uma quebra de serviço no quarto game, vencendo a parcial por 6/3.

Já no segundo set, Soares e Murray desperdiçaram os dois break points que tiveram e sofreram com os cinco aces de Querrey e Young. A definição da parcial, então, ficou para o tie-break, que acabou sendo vencido pelos norte-americanos. Assim, eliminaram os atuais campeões de duplas logo na primeira rodada do Aberto da Austrália.

MARCELO MELO VENCE – Se Soares decepcionou no seu jogo de estreia em Melbourne, Marcelo Melo avançou para a segunda rodada. Nesta quinta, o mineiro e o polonês Lukasz Kubot derrotaram os suecos Johan Brunstrom e Andreas Siljestrom por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 4/6 e 6/4, em 2 horas e 11 minutos.

No set inicial, Melo e Kubot só perderam três dos 20 pontos disputados no primeiro serviço, mas ainda assim perderam o saque uma vez. Mas eles converteram dois de seis break points e asseguraram o triunfo por 7/5.

Na segunda parcial, foram os suecos que se destacaram quando colocaram o primeiro serviço em quadra – venceram 13 dos 14 pontos disputados desse modo. Assim, não permitiram que Melo e Kubot tivessem sequer um break point e converteram um, vencendo o set por 6/4.

Na parcial decisiva, Melo e Kubot perderam o saque uma vez, mas aproveitaram dois de cinco break points, assegurando o triunfo por 6/4 e a passagem para a segunda rodada do Aberto da Austrália. Agora eles terão pela frente o norte-americano Nicholas Monroe e o neozelandês Artem Sitak.

ANDRÉ SÁ ELIMINADO – Outro duplista brasileiro que entrou em quadra nesta quinta-feira em Melbourne, André Sá foi eliminado com uma derrota de virada. O mineiro e o indiano Leander Paes perderam por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7/3) e 6/4, em 2 horas e 13 minutos, para o filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi.

Sá e Paes começaram melhor o jogo, conseguiram uma quebra de saque no quinto game e venceram por 6/4. No segundo set, eles não ameaçaram o serviço dos oponentes, salvaram cinco break points, mas acabaram sendo superados no tie-break.

Já no terceiro set, Huey e Mirnyi conquistaram uma quebra de saque no sétimo game e depois sustentaram a vantagem, assegurando a vitória na primeira rodada do Aberto da Austrália e também eliminando os veteranos Sá e Paes.