A audiência pública do dia 6 de julho, com intenção de fortalecer a debilitada questão “Arena Copel”, foi adiada. O encontro deve ocorrer somente após o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, e o governador do Paraná, Orlando Pessuti, voltarem da África do Sul, a partir do dia 15. “É importante que haja a participação dessas autoridades no evento”, explicou o autor da proposta, o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli.

A outra possível alternativa de adequação da Arena da Baixada, envolvendo os títulos de Potencial Construtivo oferecidos pela prefeitura, também segue estagnada.

O presidente do conselho deliberativo do Atlético, Gláucio Geara, afirmou que o clube ainda não recebeu nenhuma resposta do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), sobre a consulta de validade dos papéis no caso de um empréstimo.