O australiano Mick Fanning perdeu nesta quinta-feira a possibilidade de ser campeão por antecipação do Circuito Mundial de Surfe, o ASP World Tour, ao ser eliminado nas quartas de final da etapa de Portugal, a nona das dez previstas para este campeonato, realizada em Peniche, que foi vencida por Kai Otton, também da Austrália.

Fanning seria campeão uma etapa antes do final da temporada se vencesse em Portugal ou até mesmo parando na decisão ou na semifinal, dependendo de uma combinação de resultados. O australiano, porém, caiu nas quartas de final ao perder para Otton por 10,00 a 9,43. Melhor brasileiro nesta etapa, Miguel Pupo caiu uma rodada antes e ficou na nona colocação.

Otton frustrou o desejo de Fanning de ser campeão em Portugal e conquistou outra expressiva vitória em Peniche ao derrotar nas semifinais o australiano Joel Parkinson, atual campeão mundial por 14,83 a 12,23. Na decisão, Otton assegurou a sua primeira conquista de uma etapa da elite do surge ao superar o norte-americano Nat Young por 12,23 a 11,03.

Com esse resultado, a definição desta temporada do Circuito Mundial de Surfe ficou para a Pipeline Masters, última etapa desse campeonato, realizada na praia de Pipeline, na costa norte da ilha de Oahu, no Havaí, que está prevista para ser disputada entre os dias 8 e 20 de dezembro.

Após a disputa da nona etapa, o campeonato é liderado por Fanning, com 53.100 pontos, e boa vantagem para os principais concorrentes. O norte-americano Kelly Slater é o segundo colocado, com 45.900 pontos, seguido pelo australiano Joel Parkinson, com 43.700, pelo sul-africano Jordy Smith, com 43.150, e pelo australiano Taj Burrow, com 42.900. Adriano de Souza, o Mineirinho, é o brasileiro melhor classificado, em 12º lugar, com 30.500 pontos.