O colombiano Freddy Rincón não é mais técnico do Iraty, que ocupa a 5.ª colocação do Grupo A do Campeonato Paranaense, com 11 pontos.

Surgiram duas versões para a saída de Rincón, ontem: a de que ele foi dispensado em função dos maus resultados (em nove jogos, conseguiu três vitórias, dois empates e quatro derrotas); e que ele pediu dispensa para acompanhar mais de perto a gravidez da esposa.

O treinador iniciante recebeu fortes críticas após as duas últimas partidas: derrota para o Rio Branco, por 4 a 3; e empate com o Francisco Beltrão, por 2 a 2, depois dos iratienses estarem vencendo

por 2 a 0.

Rincón, ex-ídolo do Palmeiras, Corinthians e Santos, foi indicado ao clube por Vanderlei Luxemburgo.

Quem assume o time é Val de Mello, demitido ontem do Mogi Mirim (SP) e que coleciona passagens por vários clubes paranaenses, como o próprio Iraty, onde foi campeão paranaense em 2002, Londrina e Rio Branco.

Val retorna ao Azulão em meio a crise e estréia amanhã, às 16h, em Irati, contra o motivado J. Malucelli, que está invicto há quatro rodadas.

Os donos da casa não poderão contar com três titulares: o artilheiro Leandro (12 gols), o lateral-direito Luís Paulo e o volante Russo, todos suspensos. O lateral Diego Cruz, o meia Assis e o atacante Ricardinho devem ser os substitutos.