Sem Jobson, desligado do Bahia esta semana por indisciplina, a ordem do técnico René Simões é para a equipe não perder oportunidades de marcar na partida deste domingo contra o Ceará, às 16 horas, no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, válida pela 19.ª rodada que fecha o primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O treinador pretende fazer um jogo diferente das últimas partidas, quando o time tricolor perdeu nas finalizações. Por isto, nos treinos durante a semana, determinou a realização de atividades específicas visando ajustar a pontaria dos jogadores. Foi cobrado todo tipo de finalização de cabeçadas a chutes de fora da área.

René Simões quer o time agindo mais ou menos como fez contra o Santos, no último domingo, em Salvador. “A diferença é que corrigiremos as finalizações. Temos que marcar”, comentou o treinador.

Serão poucas as mudanças no time, que pretende vencer para melhorar a sua posição na tabela de classificação. O Bahia está com 20 pontos e começou a rodada deste final de semana como o 15.º colocado. Ávine, liberado pelo departamento médico, é tido como certo entre os titulares. Júnior, ex-Ceará, também recuperou a vaga de titular e deverá jogar. “Estou muito feliz por ter reconquistado uma vaga no time”, disse. Para ele, que considera a partida um clássico do Nordeste, “o jogo vai ser uma guerra”.