Rio – Romário preparou uma semana repleta de atividades. Estará praticamente todos os dias no clube para treinos técnicos e táticos. E ainda vai freqüentar uma academia de ginástica na Barra da Tijuca com o objetivo de aperfeiçoar a forma física. Buscará assim até o último instante o título de artilheiro do Campeonato Brasileiro. O segredo do atual sucesso do "Baixinho" é uma rigorosa dieta, que inclui sucos, frutas, verduras, carne de frango e peixe. Ele deixou de lado churrascos e refrigerantes.

Com 20 gols, um a menos que Robson, do Paysandu, o atacante carioca quer pelo menos igualar a marca alcançada em 2001, ano em que terminou a competição como artilheiro, com 21 gols. O discurso, porém, será pautado pela necessidade de o Vasco vencer os dois jogos restantes do ano, com Atlético-MG, no Mineirão, e Paraná, em casa, a fim de lutar por uma vaga na Copa Sul-Americana.

Ontem, o Baixinho lamentou ter perdido um gol incrível logo no início do jogo com o Paysandu, domingo, em São Januário. Estava diante do goleiro, sem marcação e desperdiçou a oportunidade. "Se fizesse aquele gol, começaria a semana como líder da artilharia, ao lado do Robson. Mas ainda tenho 180 minutos para ver o que acontece e principalmente ajudar o Vasco a chegar à Sul-Americana".