Rubens Barrichello usou suas primeiras declarações como piloto da Brawn GP, nesta sexta-feira (6), para agradecer a seus torcedores. Confirmado na noite de quinta como piloto da nova equipe, que assume o lugar da Honda, o brasileiro escreveu uma coluna em seu site oficial. O veterano enalteceu o apoio dos fãs, criticou parte da imprensa e previu que o modelo BGP 001 será rápido, mesmo com poucos testes.

“Falar que eu tinha certeza quando declarei no GP do Brasil que não seria minha ultima corrida seria demais, mas alguma coisa me dizia que não era. Confesso que tive de ouvir muita coisa, mas isso só me deixou mais forte, e aproveito para agradecer aqui meus amigos e familiares que me deram sempre muita força e também a vocês, com suas mensagens de força”, escreveu o piloto.

Barrichello mostrou-se otimista ao falar das expectativas para a temporada, que começa no dia 29 de março, na Austrália. “Começo o ano com a faca nos dentes, isso porque teremos poucos testes antes da primeira corrida, mas com um carro que será rápido e com um baita motorzão Mercedes por trás, não vejo a hora”, disse.

O modelo BGP 001 já foi para a pista. Nesta sexta-feira, sob olhares atentos de Barrichello, o inglês Jenson Button – seu companheiro de equipe – fez o primeiro teste do carro, no circuito de Silverstone. Na semana que vem, a escuderia faz seu primeiro teste coletivo, em Barcelona. Depois, parte para mais uma sessão, em Jerez.