Na fria noite de Curitiba, o Paraná não conseguiu repetir as boas atuações de jornadas anteriores e foi derrotado pelo Barueri por 3 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Durival de Britto, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time paulista teve a estreia do técnico Estevam Soares, que durante a semana substituiu Sérgio Soares.

A derrota foi a segunda seguida do Paraná em casa – a outra foi para a Ponte Preta, por 1 a 0 – e deixou o clube na quarta colocação, com 24 pontos, correndo o risco de sair do G-4, a zona de acesso, neste sábado, no complemento da rodada. Já o Barueri se recuperou da derrota em casa sofrida na última rodada para o Guarani, por 3 a 1, e subiu para a décima colocação, com 20 pontos.

O Paraná começou pressionando, mas esbarrava na forte marcação do time paulista. Depois de suportar a pressão, o Barueri abriu o placar aos 19 minutos em sua primeira finalização. Marcos Pimentel soltou uma bomba da intermediária e acertou o ângulo do goleiro Zé Carlos. No final do primeiro tempo, os visitantes ainda fizeram mais um. Após cobrança de escanteio por baixo, o zagueiro Daniel Marques apareceu livre para desviar para as redes.

Na segunda etapa, o Paraná abusou dos chuveirinhos e só conseguiu descontar aos 34 minutos, quando Jefferson Maranhão foi derrubado por Anderson Pedra dentro da área e o árbitro marcou pênalti. O goleiro Zé Carlos bateu e descontou.

A reação do Paraná foi freada aos 39 minutos. Anselmo roubou a bola no meio de campo, fez jogada individual, invadiu a área e bateu entre as pernas de Zé Carlos.

Paraná e Barueri voltam a jogar no próximo sábado, dia 13, pela 16.ª rodada. O clube paranaense joga mais uma vez em casa contra o ABC, às 21 horas, enquanto que o Barueri recebe o Náutico, às 16h20, na Arena Barueri.

Ficha técnica

Paraná 1 x 3 Barueri

Paraná – Zé Carlos; Lisa, Brinner, Amarildo e Lima; Júnior Urso, Everton Garroni (Borebi), Cambará e Rone Dias (Douglas Packer); Jefferson Maranhão e Giancarlo (Ricardinho). Técnico: Roberto Fonseca.

Barueri – Juninho; Daniel Marques, Diego e Edson Borges; Marcos Pimentel, Anselmo, Alê, Marcelinho (Zé Carlos; Pedrão (Audálio) e Val Baiano (Anderson Pedra). Técnico: Estevam Soares.

Gols – Marcos Pimentel, aos 19, e Daniel Marques, aos 43 minutos do primeiro tempo; Zé Carlos (pênalti), aos 34, e Anselmo, aos 39 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Ricardinho, Jefferson Maranhão, Amarildo, Giancarlo e Brinner (Paraná); Daniel Marques, Val Baiano, Marcos Pimentel, Edson Borges, Marcelinho e Juninho (Barueri).

Cartão vermelho – Anderson Pedra (Barueri).

Árbitro – Wágner do Nascimento Magalhães (RJ).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).