Berlim – As boas relações entre o futebol brasileiro e o alemão não fica somente na realização de amistosos ou na compra e venda de jogadores. O Bayer Leverkusen, como informou o diário Sport Bild de ontem, se ofereceu para ciceronear a Seleção Brasileira durante a Copa do Mundo de 2006. Além dos centros de treinamentos, estarão à disposição da CBF intérpretes e guias locais. “Estamos oferecendo ajuda ao Brasil para encontrar um campo-base na Alemanha e nos responsabilizamos por toda a logística”, disse o presidente do clube, Wolfgang Holzhauser.

O acordo com o clube pode ser selado em junho de 2005, quando o Brasil disputará a Copa das Confederações. Vale lembrar, que o time alemão Juan, Roque Júnior, França e Robson Pontes.