O Bayern de Munique sofreu um pouco, mas venceu o Borussia Dortmund por 2 a 1, nesta quarta-feira, na Allianz Arena, e assegurou classificação às quartas de final da Copa da Alemanha. Com o triunfo obtido em sua casa, o time bávaro também eliminou o atual campeão da competição e que também foi finalista nas três edições anteriores do torneio.

Disparado o maior vencedor da história da Copa da Alemanha, com 18 títulos, o Bayern triunfou nesta quarta principalmente pela atuação que exibiu no primeiro tempo, no qual foi muito superior no clássico com o Dortmund e abriu 2 a 0 no placar em sua casa.

Pressionando muito desde o início, o time de Munique acertou uma bola na trave já aos 2 minutos em finalização de Vidal e, pouco depois, aos 12, fez o seu primeiro gol. James Rodríguez bateu falta da esquerda e Süle, no segundo pau, cabeceou forte no travessão. No rebote, também de cabeça, Boateng acertou o canto esquerdo do goleiro Bürki, que saía para o outro lado e nada pôde fazer para evitar o gol.

Depois de balançar as redes, o Bayern deixou de pressionar de forma tão intensa, mas faria o segundo gol ainda na etapa inicial. Aos 40 minutos, Müller iniciou jogada pela direita e tocou para Lewandowski, que devolveu a bola para o atacante na grande área. Com muita tranquilidade, Müller tocou com categoria por cima do goleiro Bürki, que saía no abafa, e fez 2 a 0 para a equipe da casa.

E o mesmo Müller poderia ter liquidado o jogo já aos 4 minutos da etapa final, quando exigiu grande defesa de Bürki com os pés após cabeçada do atacante.

Em desvantagem, o Borussia foi para o tudo ou nada e passou a atacar o Bayern com mais frequência, mas sofria para criar jogadas perigosas de ataque. Entretanto, aos 31 minutos, o talento de Kagawa apareceu e foi decisivo para os visitantes descontarem o placar. O japonês deu bela finta em um defensor pela esquerda e cruzou com precisão para o ucraniano Yarmolenko, que fechou no segundo pau e cabeceou para as redes. O goleiro Ulreich ainda tocou na bola, mas não evitou o gol.

Depois disso, a pressão do time de Dortmund aumentou bastante e o Bayern passou a sofrer para segurar o resultado positivo. Aos 41 minutos, Schürrle quase empatou o jogo em forte chute cruzado da direita, de perto do bico da grande área.

E por muito pouco os visitantes não marcaram nos acréscimos do tempo normal, aos 46 minutos, quando o jovem atacante sueco Isak, que acabara de entrar no lugar do lateral Toljan, recebeu na grande área, cortou para o meio e finalizou para a bola desviar em Boateng e passar muito perto da trave esquerda de Ulreich.

Foi o último momento de sofrimento do Bayern, que fechou o seu ano de 2017 justamente com este triunfo no clássico. A equipe só voltará a jogar agora no dia 12 de janeiro, quando encara o Bayer Leverkusen, fora de casa, pela 18ª rodada do Campeonato Alemão, no qual ostenta 11 pontos de vantagem sobre o vice-líder Schalke 04. Terceiro colocado da competição nacional, o Dortmund fechará esta rodada contra o Wolfsburg, em casa, no dia 14.