Franz Beckenbauer fez um apelo para o técnico Joachim Low perdoar o atacante Kevin Kuranyi, do Schalke 04, e convocar o artilheiro do Campeonato Alemão para a disputa da Copa do Mundo na África do Sul.

Low deixou Kuranyi de fora da seleção alemã desde outubro de 2007 e prometeu manter a sua decisão enquanto permanecesse no comando da equipe. Insatisfeito por ficar fora do banco de reservas durante partida das Eliminatórias da Copa contra a Rússia, o atacante deixou o estádio no intervalo.

“A seleção nacional não é um assunto privado de alguns indivíduos que têm um problema com o outro”, disse Beckenbauer, na sua coluna no jornal Bild. “A seleção nacional pertence a todos nós. Queremos ganhar nosso quarto título da Copa do Mundo na África do Sul. Para isso, precisamos de todos os jogadores top, incluindo Kevin”, completou.

 

Com 17 gols marcados, Kuranyi tem sido decisivo para o Schalke, que lidera o Campeonato Alemão. No sábado, Low acompanhou no estádio a vitória da equipe por 2 a 0 sobre o Bayer Leverkusen, com dois gols do atacante.

“Este categórico “não” sempre me perturbou”, disse Beckenbauer, membro do conselho da Federação de Futebol da Alemanha e voz influente no país. “Uma proibição ao longo da vida para um jogador de futebol? Eu sempre pensei que isso é esticar as coisas”.

Beckenbauer sugeriu que os dirigentes da federação e Low

devem se reunir e encontrar uma solução, e chamou Kuranyi de

“o melhor atacante alemão no momento”.