David Beckham quer vestir uma nova camisa em 2012. Mas não se trata necessariamente de mudança de clube. É que o maior astro do futebol inglês sonha em disputar a Olimpíada de 2012, em Londres, defendendo a seleção da Grã-Bretanha, confederação nacional filiada ao COI (Comitê Olímpico Internacional) e que reúne atletas ingleses, escoceses, norte-irlandeses e galeses. Como a seleção britânica não é formada desde 1972, nem Beckham nem nenhum dos jogadores britânicos em atividade já defenderam tal equipe ou participaram de uma Olimpíada.

“As pessoas dizem há 10 ou 15 anos que eu estou velho e eu continuei jogando pelo meu país”, disse Beckham, de 36 anos, em entrevista à rede de televisão britânica BBC. “Todos sonhamos com isso (disputar a Olimpíada). Se acontecesse, seria uma honra”.

A imprensa local especula que Beckham seria um dos três atletas com mais de 23 anos que seriam escolhidos para liderar a seleção britânica na Olimpíada. Outro pode ser seu ex-companheiro de Manchester United, o galês Ryan Giggs, de 37 anos, deixando a terceira vaga em aberto para algum atleta da atual seleção inglesa, como John Terry, Wayne Rooney, ou Frank Lampard.

Beckham garante que ainda não pensa em aposentadoria e tem muito a mostrar no futebol. “É sempre difícil tomar uma decisão sobre parar, mas eu não penso que eu terei este problema. Eu penso que eu saberei quando parar, mas não é agora”, disse o astro, que completou: “Enquanto eu sentir que eu posso jogar em alto nível, eu irei continuar. Quando isso mudar, eu aceitarei que eu preciso parar”.

Desejado pelo Paris Saint-Germain, Beckham se diz lisonjeado pelo interesse dos franceses, mas garante que o foco ainda é no Los Angeles Galaxy. O inglês assegura que vai seguir nos Estados Unidos até levar sua equipe ao título da MLS, a liga profissional norte-americana. Dono da melhor campanha na temporada regular, o Galaxy enfrenta o Ney York Red Bulls na quinta-feira, em casa, para avançar à final da Conferência Oeste. No jogo de ida, em Nova York, vitória do time de Beckham por 1 a 0.

Depois de se aposentar, Beckham quer continuar ligado à MLS. Ele planeja comprar uma franquia. “Eu tenho a opção e eu provavelmente vou fazer isso. Obviamente eu tenho que esperar até parar de jogar”, contou.