Duas vezes campeão do Torneio de Gstaad, com os títulos obtidos em 2009 e 2012, Thomaz Bellucci deu novo passo para conquistar o tricampeonato do ATP 250 suíço ao vencer o espanhol Pablo Andujar por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1, nesta sexta-feira, e garantir vaga nas semifinais.

Cabeça de chave número 5 da competição realizada em quadras de saibro, o tenista número 1 do Brasil e 39º do mundo também despachou o atual campeão em Gstaad para seguir na luta pelo título, depois de 1h50min de confronto.

Com o triunfo, Bellucci se credenciou para enfrentar na semifinal o vencedor da partida entre o belga David Goffin, principal cabeça de chave da competição, e o português João Sousa, também programada para ser encerrada nesta sexta.

Essa foi a quarta vitória de Bellucci em seis confrontos com Andujar, hoje o 49º colocado da ATP, que no ano passado derrotou o brasileiro no Torneio de Hamburgo, antes de ser batido no mesmo ano pelo rival em confronto entre Brasil e Espanha pela Copa Davis, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Desta vez, Andujar começou melhor a partida, aproveitando duas de cinco chances de quebrar o saque do brasileiro, que só converteu um de dois break points e assim foi derrotado por 6/3 no primeiro set.

A partir da segunda parcial, porém, Bellucci deu início a uma forte reação e, com duas quebras de saque, logo abriu confortável vantagem. O espanhol devolveu uma quebra e chegou a ter a chance de empatar o jogo em 5/5, mas errou um voleio fácil em um set point do brasileiro e acabou derrotado por 6/4.

Já no terceiro e derradeiro set, Bellucci atropelou. Além de confirmar todos os seus saques, converteu os dois break points cedidos por Andujar para fazer 6/1 e liquidar o confronto.

A outra semifinal do Torneio de Gstaad já está definida. O espanhol Feliciano López, segundo cabeça de chave, superou nesta sexta o colombiano Santiago Giraldo por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4, e terá pela frente neste sábado o austríaco Dominic Thiem, terceiro pré-classificado, que em outro jogo do dia passou pelo espanhol Pablo Carreno por 2 sets a 1, com 6/4, 3/6 e 6/2.