Em busca de recuperação no circuito mundial de tênis, após sofrer quatro derrotas seguidas, o brasileiro Thomaz Bellucci estreia nesta segunda-feira no Masters 1000 de Montreal, no Canadá. Seu adversário será o eslovaco Martin Klizan, que ocupa a 39ª colocação do ranking.

Bellucci vem enfrentando uma temporada complicada, em que ficou três meses sem jogar por causa de uma contusão abdominal. Ao retornar ao circuito, no Torneio de Stuttgart, ele venceu o primeiro jogo, mas depois só acumulou derrotas, passando por Hamburgo, Gstaad e Kitzbuhel. Assim, caiu para o 115º lugar no ranking, sua pior posição nos últimos quatro anos.

Contra Klizan, ele já jogou duas vezes, com uma vitória para cada lado. Em 2011, na primeira edição do ATP Challenger Tour Finals, em São Paulo, o brasileiro venceu por 2 sets a 1. No ano seguinte, o eslovaco levou a melhor no Masters de Xangai, quando fez 2 a 0. Agora, o reencontro será no Masters de Montreal, uma das prévias do US Open, Grand Slam que começa no dia 26 de agosto em Nova York.

“O Klizan gosta de jogar dentro da quadra, mandando no jogo com o forehand, que é o melhor golpe dele. Não gosta de sair muito para trás, então, vou tentar jogar profundo para não deixá-lo tomar a iniciativa”, avaliou Bellucci. “A quadra aqui está bem rápida, mas estou treinando o máximo que possa para tentar me adaptar bem e fazer um bom jogo.”