Muito perto de representar o Brasil nos Jogos do Rio, Thomaz Bellucci abriu o ano olímpico em simples com derrota. O brasileiro, 37.º do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) deu azar na sorteio, estreou no Torneio de Brisbane (Austrália) contra o belga David Goffin, 16.º do mundo, e acabou superado em dois sets, com duplo 6/4. Antes, na segunda, ele havia perdido em duplas.

Bellucci até não foi mal enquanto sacava, fazendo cinco aces apenas no primeiro set e conseguindo 74% de aproveitamento no primeiro saque. O problema é que Goffin conseguiu três break points e pontuou em um deles, quando o jogo estava 2 a 2, e depois caminhou para fechar a primeira parcial.

No segundo set a história se repetiu, Bellucci até conseguiu uma quebra, mas cedeu duas ao rival e acabou derrotado pela segunda vez no ano. Na segunda-feira, ele já havia perdido em duplas. Ao lado do norte-americano Steve Johnson, foi superado pelos franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

Se Belucci e Goffin, dois Top 30 do mundo, tiveram que se enfrentar na primeira rodada do

Torneio de Brisbane, ATP 250 preparatório para o Aberto da Austrália, quatro tenistas locais tiveram o privilégio de, vindo do qualifying ou entrando na chave por convite, estrearem contra atletas fora do Top 50, sendo que houve até confronto entre dois tenistas vindos do quali na primeira rodada.

O francês Gilles Simon não teve a mesma sorte e, quinto cabeça de chave, estreou contra o búlgaro Grigor Dimitrov (28.º do mundo), perdendo por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (12/10). O checo Radek Stepanek (81.º), o austríaco Dominic Thiem (20.º) e o sérvio Viktor Troicki (22.º) avançaram e estão na segunda rodada.