Após dois anos e cinco meses de jejum de títulos em torneios de maior expressão no circuito mundial de tênis, o brasileiro Thomaz Bellucci venceu neste domingo o sérvio Janko Tipsarevic, número oito do ranking, por 6-7 (6), 6-4 e 6-2 na final do ATP 250 de Gstaad e conquistou a competição pela segunda vez na carreira.

A cidade suíça já trazia boas recordações para o paulista, que em 2009 levantou nela seu primeiro troféu da série ATP. Além disso, a vitória de hoje foi a segunda de Bellucci sobre Tipsarevic em três confrontos e teve gosto de revanche: no último deles, disputado na semana passada na semifinal do ATP 250 de Stuttgart, o sérvio levou a melhor.

Com o título, o brasileiro, atualmente número 60 do ranking mundial, deve aparecer entre os 40 melhores na próxima atualização da lista, e chegará a Londres com ainda mais confiança para a disputa dos Jogos Olímpicos.

A vitória em Gstaad, porém, não veio de forma fácil. Irregular no primeiro set, Bellucci chegou a abrir 6 a 1 no tie-break, mas permitiu a reação de Tipsarevic e perdeu a parcial com uma dupla falta para ser esquecida, sacando no lado oposto de onde deveria ter mandado a bola.

Porém, ao contrário do que alguns poderiam esperar devido ao erro, o brasileiro não se desconcentrou no segundo set e confirmou seus serviços sem grandes dificuldades. No décimo game, Bellucci conseguiu a quebra e empatou o placar da decisão.

No set decisivo, o paulista cresceu ainda mais em quadra e não deu chances a Tipsarevic, fechando a parcial em 6-2 para garantir o título e quebrando uma série de nove vitórias consecutivas do sérvio, que havia se sagrado campeão em Stuttgart.