O checo Tomas Berdych e o croata Marin Cilic são os finalistas do ATP 500 de Roterdã. Atual número 7 do mundo, o tenista da República Checa tentará neste domingo encerrar o jejum de títulos, que vigora desde outubro de 2012.

Em busca do troféu, ele arrasou o letão Ernests Gulbis neste sábado, com uma vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2. Em apenas 1h06min de partida, Berdych impôs três quebras de saque ao rival, cravou sete aces e acertou 86% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço.

De olho em seu 9º título, o checo terá pela frente neste domingo o croata Cilic, que teve mais trabalho para chegar à final. Ele precisou de três sets para superar o holandês Igor Sijsling por 5/7, 6/3 e 6/2. Na decisão, Cilic vai tentar alcançar seu 11º troféu no circuito profissional.

Para tanto, terá que reverter a desvantagem que tem contra Berdych no retrospecto direto. O checo lidera com quatro vitórias, contra duas do croata.