O Betim-MG está de volta à Série C do Campeonato Brasileiro – a terceira divisão nacional. O juiz Carlos Márcio de Souza Macedo, da 4ª Vara Cível de Betim, em Minas Gerais, concedeu liminar favorável ao time, que agora espera ser devolvido à competição pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

No entanto, a CBF alega que não recebeu o documento até as 19 horas desta sexta-feira e confirmou que o jogo entre Mogi Mirim-SP e Santa Cruz-PE será realizado na próxima segunda, no interior paulista. Na liminar, o juiz estabeleceu uma multa de R$ 10 mil ao dia, caso a decisão não seja cumprida.

O texto da liminar diz: “Diante de todo o exposto, defiro a liminar para que as requeridas restituam os seis pontos retirados da parte autora, Betim Esporte Clube, no Campeonato Brasileiro da Série C, sob pena multa diária de R$ 10 mil, bem como se abstenham de aplicar outras penas do Código Brasileiro de Justiça Desportiva ao autor e seus dirigentes decorrente do objeto constante destes autos, suspendendo, ainda, o jogo marcado para segunda-feira, 21/10/2013, que preteriu o autor, e designem, imediatamente, outra data para realização do jogo entre o autor, Betim Esporte Clube, e o Santa Cruz”.

Agora, a situação é idêntica a do ano passado, quando o Treze-PB conseguiu liminar na Justiça comum, em Campina Grande (PB), para disputar a terceira divisão nacional. Documento este que assegura a presença do time até hoje na competição. O clube paraibano, inclusive, é um dos classificados às quartas de final e que pode garantir o acesso à Série B.

ENTENDA O CASO – A CBF tirou seis pontos do Betim por causa de uma dívida do clube com o The Strongest, da Bolívia. A perda tirou o time da quarta colocação do Grupo B e o deixou em sexto lugar. Com isso, o Mogi Mirim, quinto, ficou com sua vaga. Antes, os mineiros já deveriam ter perdido seis pontos, só que por causa de uma outra dívida desta vez com o Nacional, da Ilha da Madeira, de Portugal.