O técnico francês Laurent Blanc espera que a vitória por 2 a 0 sobre a Bósnia-Herzegovina, nas Eliminatórias da Eurocopa, possa significar o começo de um momento de virada para a equipe fortemente criticada e ajudar acelerar o processo de reconstrução.

A França estava sob forte pressão, após uma surpreendente derrota por 1 a 0 para a Bielo-Rússia na última semana que seguiu a sua desastrosa campanha na Copa do Mundo, mas se recuperou na terça-feira graças aos gols marcados pelos atacantes Karim Benzema, do Real Madrid, e Florent Malouda, do Chelsea.

“Pode dar alguma confiança aos jogadores que realmente necessitam”, disse Blanc, nesta quarta-feira. “Isso não significa que estamos certos. Ainda nos falta experiência. Mas é com esses resultados no caminho que nós estamos ganhando tempo [para a reconstrução da equipe]. Pode ser o início de algo de bom”.

A França disputou as duas partidas com vários desfalques, por conta de suspensões e lesões. Vários jogadores que haviam sido chamados para a Copa do Mundo, incluindo Nicolas Anelka, Patrice Evra, Franck Ribery e Jeremy Toulalan, foram retirados do grupo por terem se recusado a participar de um treinamento, e Blanc deixou claro que não tolerará qualquer desobediência.

“Os critérios para convocações ainda são habilidades individuais, mas os jogadores têm de estar conscientes de que não será suficiente”, disse Blanc. “Você tem que mostrar uma atitude [positiva] e encaixar no modelo”.

A Albânia lidera o Grupo D das Eliminatórias da Eurocopa com quatro pontos. A França está em terceiro lugar com três, empatado em pontos com a Bósnia. Os franceses encerraram uma série de quatro derrotas consecutivas com a vitória em Sarajevo. Agora, a equipe vai enfrentar Romênia e Luxemburgo, em outubro.