Sérgio Soares foi anunciado como novo treinador do Atlético 24 horas após Paulo César Carpegiani deixar o clube para dirigir o São Paulo. O técnico chega hoje e, ao lado de Leandro Niehues, acompanhará o treino.

Quanto a ficar no banco no jogo de amanhã contra o Vasco, na Arena da Baixada, dependerá exclusivamente de Sérgio. “Depende apenas dele ficar no banco. Se achar que deve ficar, ele já comanda a equipe”, confirmou o diretor de futebol Ocimar Bolicenho.

Sérgio Soares estava desempregado desde o começo de setembro, quando deixou o Santo André, equipe que disputa a Série B do Brasileiro, e era o primeiro nome a lista de pretendidos do Furacão.

“Aproveitamos que ele estava em Curitiba hoje (ontem) para resolver uma questão trabalhista para conversarmos e acertarmos a negociação”, explicou Bolicenho, referindo-se à audiência que Sérgio teria contra o Paraná, por pagamentos atrasados desde sua passagem pelo clube em 2009.

O contrato de Sérgio Soares vai até o final do Campeonato Brasileiro, podendo ser estendido até o final de 2011. “O contrato já prevê a renovação para a próxima temporada. Contatamos um grande treinador. Este ano ele foi vice-campeão paulista e aí com o desmonte do Santo André acabou perdendo o time que tinha montado”, acrescentou Bolicenho.