Não satisfeito com o amplo domínio nas provas dos 100 e 200 metros, o jamaicano Usain Bolt afirmou nesta segunda-feira que tem vontade de competir também no salto em distância antes de encerrar a carreira no atletismo. “Eu adoraria tentar competir no salto em distância antes de me aposentar, porque eu acho que eu seria muito bom nisso”, revelou o atleta de 23 anos, em entrevista à BBC.

Campeão mundial, campeão olímpico e recordista mundial dos 100 e 200 metros, Bolt já havia afirmado que não sabia onde poderia parar após a fantástica performance no Mundial de Atletismo de Berlim, na semana passada. Caso dispute mesmo o salto em distância, ele entrará para o seleto grupo de velocistas que também participaram da prova, ao lado dos norte-americanos Carl Lewis e Jesse Owens.

Outra possibilidade é a participação de Bolt na prova dos 400 metros. “Eu não quero fazer isso, mas se meu técnico decidir que eu sou dominante nos 100 e nos 200 metros e disser ‘Vamos tentar algo novo’, eu definitivamente vou colocar meu coração e alma nisto”, explicou o velocista jamaicano.