A quebra da caixa de câmbio, na segunda etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2004, tira a liderança do piloto curitibano José Bornemann da categoria Marcas. Clovis Bechtold venceu na Stock Car, Marcos Tosin na Turismo, Marcelo Pereira na Novatos, Amauri Lisboa Júnior na Marcas, e Antônio Tozzo venceu na categoria Hot Dodge.

Marcas

Na bateria classificatória que definiu o “grid” de largada, a “pole-position” foi marcada por José Bornemann com tempo de 50s857. Em segundo ficou Amauri Lisboa Jr., com 51s295, seguido por Francisco Koga, 51s512; Marlon Watanab, 51s563; Rodrigo Bonora, 51s573, e em sexto lugar Adalberto Brietzig, com tempo de 51s626.

Dada a largada para a primeira bateria, José Bornemann manteve a ponta, seguido de perto por Amauri Lisboa Júnior e Marlon Watanab, que “brigavam” pela segunda posição. Ao fim de 20 voltas a vitória foi de Bornemann, que completou a prova no tempo de 19min14s535.

Na segunda bateria, na volta de formação do “grid” quebrou a caixa de câmbio do Gol de Bornemann que nem participou da prova. A “briga” pela vitória ficou então entre Amauri Lisboa Júnior, Pietro Wegbecher e Francisco Koga. Ao fim de 16 voltas, a vitória foi de Amauri Lisboa Júnior, com tempo de 17min09s794.

Somados os pontos das duas baterias, a classificação final da etapa foi a seguinte: 1.º) Amauri Lisboa Júnior, 20 pontos; 2.º) Pietro Wegbecher, 16; 3.º) Marlon Watanabe, 15; 4.º) Francisco Koga, 14; 5.º) José Bornemann, 12; 6.º) Christiano Bornemann, com 10 pontos ganhos.

Classificação

Com duas etapas realizadas, a classificação do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra 2004, categoria Marcas, é a seguinte: 1.º) Amauri Lisboa Júnior, 39 pontos; 2.º) Pietro Wegbecher, 34; 3.º) José Bornemann, 31; 4.º) Christiano Bornemann, 20; 5.º) João Finardi, com 16 pontos ganhos. A terceira e próxima etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra está marcada para os dias 8 e 9 de maio, também no Autódromo Afonso Pena, em São José dos Pinhais.