O Botafogo enfrenta o Paysandu, neste domingo, a partir das 11 horas, no estádio do Engenhão, no Rio, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O time carioca segue de olho na liderança e no acesso para voltar à elite na próxima temporada. O clube carioca nunca perdeu para os paraenses em casa – foram cinco vitórias e dois empates. Além disso, vão tentar engatar a terceira vitória seguida, após passar por ABC e América-MG.

O Botafogo não esconde que a obrigação é terminar o campeonato na liderança por ser o grande candidato ao título. O clube carioca, apesar de alguns altos e baixos, segue firme entre os quatro primeiros colocados. Com 36 pontos, a meta é seguir atrás da liderança.

Sob o comando do técnico Ricardo Gomes, venceu nas duas rodadas passadas. Em casa fez 3 a 1 no ABC e, fora, virou em cima do América-MG por 2 a 1. Antes tinha empatado, em casa, sem gols com Luverdense e perdido fora para o Santa Cruz por 1 a 0, no Recife, na estreia de Grafite pelo time pernambucano e que levou mais de 44 mil torcedores ao estádio do Arruda, novo recorde de público na Série B. “Nosso time mostrou uma grande performance nos últimos dois jogos, mas sabemos do potencial do Paysandu e das dificuldades que vamos enfrentar”, garantiu o treinador.

O Paysandu, por sua vez, é um adversário direto pelo acesso, com 28 pontos. Estes dias viveu uma “semana carioca” porque na última quinta-feira enfrentou o Fluminense, pelas oitavas de finais da Copa do Brasil. Jogou bem, mas perdeu por 2 a 1 com um gol sofrido nos acréscimos, aos 48 minutos. Pela Série B, na última rodada do primeiro turno, fez 3 a 1 sobre o Oeste, em Belém.

TIMES – Ricardo Gomes decidiu aderir ao mistério e fechou parte do coletivo do Botafogo, na última sexta-feira. Existe a chance dele mudar o time no meio de campo e no ataque. O uruguaio Alvaro Navarro está com estiramento na panturrilha e está fora. Com isso, o novato Luis Henrique fica com a vaga, enquanto que Elvis pode ser a surpresa no meio de campo no lugar de Diego Jardel.

Após fazer o Fluminense passar sufoco na Copa do Brasil, o Paysandu espera melhor sorte contra o Botafogo. Na sexta-feira, os jogadores que não puderam defender o time no Maracanã se reintegraram o grupo. Entre eles, o volante Fahel, o atacante Weliton Junior e o meia Valdivía, que reassumem a titularidade. Já o desfalque fica por conta do zagueiro Gualberto, que está suspenso.