O técnico Oswaldo de Oliveira deve poupar alguns dos titulares para o próximo jogo do Botafogo, domingo, contra o Boavista, na última rodada da fase classificatória da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Com a vaga para as semifinais assegurada, o treinador não quer correr risco de desfalques para os jogos eliminatórios.

Assim, o zagueiro Antônio Carlos, pendurado com dois cartões amarelos, não joga. Em seu lugar, o jovem Brinner forma dupla com Fábio Ferreira. “Estou tranquilo, esperando minha oportunidade desde que cheguei ao Botafogo. Não acredito que essa será a oportunidade da minha carreira, apenas mais um jogo que tenho que mostrar qualidade”, disse o defensor, que poucas chances teve desde sua chegada ao clube, no início do ano.

O lateral Márcio Azevedo e o atacante Herrera, também com dois amarelos, não devem ser utilizados. Renan Lemos, um garoto da base, pode ganhar sua primeira chance no time de cima, na lateral-esquerda.

Já o volante Marcelo Mattos é desfalque certo, uma vez que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O ex-jogador do Corinthians deve ser substituído pelo garoto Lucas Zen.