O Botafogo enfrenta o Guarani, nesta quarta-feira, às 21h50, em Campinas, sem o seu artilheiro e maior ídolo da torcida, o uruguaio Loco Abreu. Ele sente dores nas costas desde que sofreu pancada no treino realizado na última sexta. Apesar do desfalque, o técnico Oswaldo de Oliveira mantém o otimismo e acredita que seu time tem condições de vencer por diferença de dois gols e assim avançar às oitavas de final da Copa do Brasil sem a necessidade do jogo de volta.

O principal objetivo do Botafogo é esse. Mas o técnico sabe que a tarefa não é fácil, por causa da boa fase do adversário, um dos oito classificados para a segunda fase do Campeonato Paulista.

Oswaldo de Oliveira vai repetir a escalação do clássico em que o Botafogo empatou com o Fluminense por 1 a 1, no último domingo, pelo Campeonato Carioca. No esquema, o argentino Herrera fica boa parte do jogo mais isolado no ataque e conta somente algumas vezes com a companhia de Elkeson.

Na manhã desta terça, os jogadores treinaram em General Severiano e depois conversaram por uma hora com Oswaldo de Oliveira. Ainda assistiram a um vídeo com informações sobre o adversário. O técnico pediu atenção ao time, principalmente nos minutos iniciais. “Como joga em casa, com o apoio de sua torcida, é natural que o Guarani pressione. Temos de estar muito atentos”, declarou o técnico do Botafogo.