O Botafogo tenta nesta quarta-feira contra o Unión Española, em Santiago, no Chile, a sua terceira vitória consecutiva na Copa Libertadores. O time vem embalado na competição e ganhou mais confiança ainda ao derrotar há duas semanas o campeão argentino, o San Lorenzo, na abertura dos confrontos do Grupo 2. O técnico Eduardo Hungaro espera um jogo difícil, às 19h45 (de Brasília), e aposta nos contra-ataques para surpreender os donos da casa e se manter na liderança.

O ambiente no time alvinegro é o melhor possível. Melhorou bastante no último domingo, após a equipe B superar o Fluminense com um placar elástico (3 a 0), pelo Campeonato Carioca. Hungaro orientou seu time para que mantenha a calma diante da pressão que deve ser exercida pelo Unión Española, um clube sem muita expressão, mas que conta sempre com o apoio de sua fanática torcida. A equipe chilena está com vários desfalques – cinco ao todo.

Para o meia uruguaio Lodeiro, esse problema do Unión Española não deve ser considerado pelo Botafogo. “Vamos enfrentar uma equipe que joga para a frente, que gosta de atacar. Não vai mudar sua característica por causa da ausência de alguns titulares”, declarou.

Nesta terça, pouco antes do treino de reconhecimento do estádio Santa Laura, o técnico e o goleiro Jefferson falaram com o grupo, enfatizando a importância de uma nova vitória.