Espantar a má fase e voltar ao G4. É com este pensamento que o Botafogo entra em campo hoje, contra o Atlético, no Maracanã. Depois do empate sem gols contra a Portuguesa, dentro de casa, no meio de semana, o time carioca foi ultrapassado pelo Goiás e deixou a área de elite do Brasileirão. Assim, para manter vivo o sonho da Libertadores, o time do técnico Oswaldo Oliveira encara a partida como uma verdadeira decisão.

Mesmo com a atuação abaixo da média diante da Lusa, o técnico botafoguense deverá fazer apenas uma alteração na equipe. O volante Marcelo Mattos está suspenso e será substituído por Renato. No meio de campo, o jovem armador Hyuri, com dores musculares, ainda é dúvida. Se não reunir condições de jogo, Octávio pode entrar.

Mais do que a vitória, o Botafogo quer voltar a viver dias mais tranquilos. No treino de quinta, cerca de 20 torcedores foram ao Engenhão e atiraram um morteiro. A polícia foi acionada e o clima de tensão tomou conta dos jogadores e comissão, que tiveram seus carros atingidos por pedras arremessadas pelos torcedores alvinegros.